Participamos do Programa de Associados da Amazon, um serviço de intermediação entre a Amazon e os clientes, que remunera a inclusão de links para o site da Amazon e os sites afiliados.

Em comunicado aos sócios, Jeff Bezos anunciou que a Amazon Prime Video chegou a marca de 200 milhões de assinantes do streaming no mundo inteiro, segundo o The Hollywood Reporter. A marca é impressionante porque a plataforma vê a Netflix com cerca de 204 milhões de assinantes até o fim de 2020, ficando bem próxima da sua principal concorrente. Na disputa pelo mercado, a Disney+, recém-lançado, tem 100 milhões de assinantes.

A Amazon possui produtos como a série  The Marvelous Mrs. Maisel  e Borat: Fita de Filme Seguinte. Em janeiro de 2020, a plataforma já havia passado dos 150 milhões de assinantes, o que gerou rumores sobre a veracidade dos números por parte de executivos da Netflix.

O anúncio sinaliza também a despedida de Bezos no papel de principal executivo, passando o bastão para Andy Jassy. “Ele irá focar sua energia no que nos torna especiais”, revelou Bezos. No documento, ele também revelou os resultados financeiros da empresa: a Amazon gastou mais de 11 bilhões de dólares em conteúdo de vídeo e música no ano passando depois de um investimento de 7.9 bilhões em 2019. O número inclui também o pagamento de royalties.


Atrás em volume de conteúdo, a Amazon tem aumentado seu catálogo e investido também em esportes. Recentemente, a empresa patrocinou o Flamengo na final da Supercopa e rumores indicam que pode entrar forte para adquirir os direitos do Campeonato Brasileiro e até da Libertadores. Tudo indica que a guerra de streamings está só começando.